Dia 96: Takarazuka e mais Brasil na guerra

A lista torturante de atrizes fodas que deixam o Takarazuka aumentou: ontem foi a vez da Ayabuki Mao anunciar que vai sair.

Muita gente diz que ela seria a próxima top do Yukigumi, mas eu sinceramente duvido. Pelo andar da carruagem, a Mizu Natsuki não vai sair de lá tão cedo. Aparentemente, ela tem uma legião gigante de fãs (juro que não entendo). Há muito, muito tempo, eu achava que ela substituiria a Haruno Sumire no Hanagumi, mas passaram a Matobu Sei na frente. Isso, pra mim, foi o sinal definitivo de que ela seria um eterno segundo lugar. Por essas e outras, entendo a saída dela, embora ela seja das minhas favoritas.

[Na foto, à direita.]

A última performance vai acontecer no dia 25 de abril de 2010, em Tóquio, com Daybreak at Solferino/Carnavale, a Sleeping Dream.

.

Terminei de ler Da Itália à Coréia: Decisões sobre Ir ou Não à Guerra, do Vágner Camilo Alves. Pra quem interesse pela FEB e quais foram os motivos que levaram à sua criação, é fantástico. Obviamente, como o título já anuncia, o livro não trata só disso. Na verdade, a proposta do autor é discutir os motivos que levaram o Brasil à Segunda Guerra e o que o impediu de ir, mais tarde, lutar na Coreia – e outros conflitos seguintes -, limitando-se às ações de paz.

Há uma entrevista com o autor aqui.

Totalmente recomendado pra quem tem interesse pelo assunto.

O livro:

ALVES, Vágner Camilo. Da Itália à Coréia: decisões sobre o ir ou não à guerra. Belo Horizonte, MG; Rio de Janeiro, RJ: Editora UFMG; IUPERJ, 2007. 268 p.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s