Dia 207: Melação mode on

Já disse que amo a minha família, né? É, eu sei. Já repeti isso tanto, que já tem gente limpando a baba que tá escorrendo no layout. Enfim. Preciso dizer isso. Porque é tão pouco o que eu posso fazer de volta, que só o que me resta é isso. Repetir que amo.

Mas divago. Só queria dizer o quanto foi boa a viagem, e como eu nunca vou me cansar da infância eterna daquele povo. Imaginem um bando de marmanjos com 20 anos no lombo procurando chocolate pela casa na Páscoa. Ano que vem tem volta. Vou botar os quarentões e sessentões na roda também. Vai todo mundo sofrer comigo – porque eu sofro; sou um zero à esquerda, não tenho criatividade pra procurar e acho 1 item enquanto meu irmão acha 10.

E cheguei aqui e tinha dois pães-de-mel que minha mãe pôs na mala. Aí ela me faz contar os dias pra ir pra lá de novo.

E beijo pro meu pai, também, que conseguiu abrir uma exceção nessa vida de cigano e ir lá me dar parabéns e encher meu bolso. Me leva junto pra Santa Catarina, seu boa-vida!

Dezessete dias? Passa rápido.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s