De novo, a potra

História mais bonitinha de todos os tempos.

Meu irmão chegou em casa depois do trabalho em um dia qualquer na semana passada e esqueceu o portão aberto. Quando viu, uma das nossas cachorras – a mais capeta – tinha fugido. Ele ficou desesperado. Gastou toda a gasolina da moto e do carro atrás dela e não achou.

No outro dia, a dona Mariza, diarista que ajuda aqui em casa, disse que ela deveria estar num lugar aqui perto de casa que tem muito mato, coisa que a Mel adora. Meu irmão voou pra lá de moto. Não achava. O telefone tocou, ele parou pra atender e cinco segundos depois sentiu alguma coisa pulando nele. Era a nossa potra. <3

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s