Trajeto #2

Na sexta eu estava numa lanchonete, na rodoviária, esperando dar a hora do meu ônibus. E tinha passado o dia todo ouvindo falar sobre fim do mundo e arrebatamento. Aí uma velhinha se sentou na mesa ao lado. Comeu o lanche dela e se levantou pra sair. Tinha cadeiras no caminho, aí eu fui ajudar. Ela agradeceu e perguntou pra onde eu ia. Respondi. Perguntei pra onde ela ia.

– Pro fim do mundo.

Pensei: ‘PUTAQUEOPARIUAGORAAVELHINHAVAIMECONVERTER!’.

Tadinha. Era só uma expressão. Ela ia pra Montes Claros.

.

P.S.: Gente, não tenho nada contra Montes Claros, viu? Nem conheço. Quem chamou de fim de mundo foi ela!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s