Dia 91: Cemig pouca é bobagem!

Então, né, como se não bastasse as nove horas que a Cemig nos deu de vida rústica na quarta-feira, ela resolveu que seria bacana nos deixar sem luz ontem de novo. Porque dois dias seguidos é legal. A Cemig gosta de quebrar recordes: uma vez por semana estava ficando pouco. Muito mais divertido falir o comércio da região.

Aí que minha sorte vocês já conhecem, né? Uma Cemig nunca vem sozinha. Então hoje de manhã, indo feliz e saltitante pro meu último dia de aula (QUASE-FÉRIAS!), eu tomei um belo tombo e, numa tentativa terrivelmente inútil de não cair de bunda no barro, torci minha querida mãozinha. Estou uma mumiazinha de tão enfaixada. Mas já tá bom, né? Pelo menos eu já me acostumei a digitar pateando sem gastar dez minutos em cada frase. Aliás, agora eu  sei digitar só com o indicador.

Faltam 7 dias!

Dia 68: Fail, fail, fail…

Cemig #FAIL. Ontem, um temporal atingiu boa parte de BH. Não fez grandes estragos – até onde sei – aqui na Pampulha, mas infelizmente outras regiões sofreram vários danos. Entre eles, um prédio que desabou sobre um carro no bairro Carlos Prates, na Região Noroeste. Cerca de 5.000 pessoas estavam sem energia até o fim da tarde de hoje – não sei a situação atual.

Isso não é um caso isolado. Qualquer chuva aqui causa estragos enormes na rede elétrica e a frequência com que ficamos sem energia é absurda. Já cheguei a passar por uma época em que tínhamos pelo menos um queda de luz por semana, com duração de 3 a 8 horas.

Renato Janine Ribeiro #FAIL. Homens que abusam ou agridem mulheres não são malvados. Só não conseguem controlar seu desejo. NOT! Ótimo texto da @lubom refutando os argumentos, aqui.

Yvan Rodic (Face Hunter) / Dazed Digital double #FAIL. Em entrevista para a revista Dazed Digital, Yvan Rodic, autor do blog Face Hunter, teria dito não gostar das modas italiana e brasileira por elas ‘implicarem’ que ser sexy é usar pouca roupa, entre outras declarações. Rodic nega, dizendo que sua fala foi alterada e que já pediu à revista que conserte o equívoco. Há algumas horas, ele disse no Twitter que enviou um e-mail apontando as correções, mas a revista teria corrigido só parte delas, deixando as mais grotescas.

Dia 26: Um minuto de silêncio pela Cemig

Eu nunca vi um serviço tão ruim na minha vida. Mas não posso reclamar, né? Ano passado a gente ficava sete horas sem energia uma vez por semana. Agora diminuiu pra uma vez no semestre, e foram só cinco horas!

E já vi que essa semana é de Murphy, porque hoje eu tomei chuva voltando pra casa e continuo lindamente fanha.

No apagão, o Marcos e eu ficamos ouvindo Grease enquanto ele ainda tinha bateria no pc – já tinha gastado a minha havia tempos.